Sobre a Mesa

Crème Brûlée, simplicidade francesa

creme-brulee.jpg

Crème Brûlée para os franceses, Crema Catalana para os espanhóis, Leite-creme para os portugueses, sem falar nos ingleses de Trinity em Cambridge, na Inglaterra, que chama de “burnt cream”. Esses 03 países brigam pela origem do crème brûlée: França, Espanha e Inglaterra. Atualmente é classificado como “francês”, pois, o primeiro registro do creme foi realizado pelo chef francês François Massialot em sua publicação “Le Nouveau Cuisinier Royal Et Bourgeois Ou Cuisinier Moderne”, em 1691. Até hoje, este livro é o primeiro aparecimento da receita de crème brûlée. Contrariando os franceses vem a Espanha, mais especificamente a região da Catalunha que afirmam que a sua versão da sobremesa, chamada de “crema catalana”, foi a inspiração original para os franceses, mas falta evidências históricas. E, por último está a faculdade de Cambridge na Inglaterra que afirma que a cobertura de caramelo era feita usando um ferro quente, com o brasão da faculdade, queimando a superfície açucarada. O fato é que a sobremesa delicada e tradicional é o encontro perfeito entre as texturas cremosa e crocante e tem sucesso mundial.

 

O crème brûlée caiu mesmo no gosto e ganhou ainda mais o mundo após o lançamento do filme O Fabuloso Destino de Amélie Poulain, em 2002. Onde, a personagem da protagonista Audrey Tautou, após uma sequência de eventos, percebe a importância dos pequenos gestos para a felicidade do ser humano. Na lista das coisas que ela gosta e se sente prazer fazendo, é quebrar a cobertura caramelizada da sobremesa com uma colher.

 

O crème brûlée, ou creme queimado, é uma sobremesa tradicional feita, basicamente, com creme de leite, ovos, açúcar e baunilha, e, para finalizar, uma cobertura dura de caramelo. Esse creme queimado, é uma sobremesa que além de muito saborosa, instiga todos os sentidos, desde a audição com o “creck” da colher quebrando a camada crocante de açúcar, passando pela refrescância do gelado e pela doçura do creme são agradáveis surpresas para qualquer paladar, um verdadeiro encanto da patisserrie!

 

Ingredientes

06 gemas

400 ml de creme de leite fresco

100 ml de leite integral

½ de xícara (chá) de açúcar refinado

01 colher (chá) de extrato de baunilha

Açúcar cristal para caramelizar

 

MODO DE PREPARO

Coloque as gemas na tigela pequena da batedeira junto com o açúcar e bata até obter um creme claro. Pare de bater e adicione o creme de leite, o leite e a essência de baunilha. Misture bem com um fuet. Com uma colher, retire toda a espuma que se formou na superfície da mistura de gemas. Distribua o creme entre as formas refratárias, arrume-as em uma assadeira retangular. Leve para assar em banho-maria, no forno médio, por 40 minutos. Deixe esfriar e leve à geladeira por 02 horas. No momento de servir, polvilhe o açúcar cristal sobre o creme e gratine com o maçarico. Se não tiver, coloque uma colher de sopa na chama do fogão para aquecer bem, E encoste as costas da colher quente na superfície do creme, fazendo movimentos circulares, para caramelizar o açúcar (Atenção: use uma luva, ou pano de prato dobrado, para não se queimar!). Caso precise, repita esta operação até caramelizar toda a superfície, mas não deixe queimar demais o açúcar.

Crème Brulée
Anuncios_Joenio_08.jpg