Entrée

Frutas cítricas, fonte de saúde

2252018173053digestion.jpg
Frutas cítricas

A correria da vida cotidiana pode fazer com que nos esqueçamos de fazer uma boa alimentação sem perceber. As frutas cítricas, como a laranja, a tangerina, o abacaxi e o limão, estão entre as mais consumidas em nossas terras tropicais e são grandes aliadas para suprir essa falha alimentar, uma vez que contêm alta concentração de ácido cítrico e vitamina C, potássio, vitamina A e flavonoides. Essa alta concentração em vitamina C, ajuda na prevenção de gripes e resfriados. Essas frutas são fontes de sinefrina, um termogênico natural, e por conta de suas propriedades de redução na absorção de gorduras e açúcares pelo organismo e aumentarem a sensação de saciedade, a substância figura entre os principais componentes de diversos suplementos que prometem acelerar o metabolismo e auxiliar no emagrecimento.  As frutas cítricas são rica em vitamina C, que é um componente essencial na formação do colágeno, proteína esta que dá elasticidade e firmeza à pele. Também são importantes para evitar doenças, como o escorbuto, e para aumentar a absorção de ferro, ajudando assim no combate a anemia.

Anuncios_Joenio_05.jpg

Não é só a vitamina C que faz dessas frutas auxiliares da nossa saúde, elas também possuem ácido cítrico, potássio, vitamina A e flavanoides (importantes para redução dos lipídios) e agentes antioxidante que fortalecem o sistema imunológico. Além de ajudarem na hidratação do corpo por serem abundante em água. Cascas e bagaços ainda são fontes de fibras, essenciais para o bom funcionamento do intestino e para a redução dos níveis do colesterol ruim no sangue. As frutas cítricas são importantes na gravidez e na amamentação, pois, nessas fases, a mulher necessita de uma quantidade maior de vitamina C, uma porção de 100g de frutas cítricas garante o suprimento diário da vitamina. No entanto, as lactantes precisam ficar atentas porque as fibras presentes nessas frutas pode provocar desconforto abdominal no bebê. Caso isso aconteça, é melhor consultar o médico ou nutricionista e investir no consumo de outras fontes dessa vitamina, como a cenoura.

Na prevenção de doenças cardiovasculares, essas frutas por ser rica em ácido cítrico, que melhora a viscosidade do sangue, reduz a chance de infarto. Além disso, também são fontes de ácido fólico, que diminui a quantidade de uma substância chamada homocisteína, que aumentam os riscos de doenças cardiovasculares em doses elevadas. As frutas cítricas ainda ajudam a baixar os níveis de colesterol ruim e eliminam o excesso de cálcio nas artérias e no pâncreas, o que evita o risco de cálculos renais. A vitamina C e os antioxidantes são essenciais para o fortalecimento do sistema imunológico nos tornando mais resistente a gripes e resfriados e, portanto, essas frutas devem ser usadas como preventivas.

 

Como a vitamina C perde suas propriedades em altas temperaturas, o indicado é sempre consumir essas frutas cruas. Ao preparar sucos, coloque na geladeira com tampa, para também evitar a perda de nutrientes. Quando se trata do limão, uma boa dica é preparar sucos e outras receitas com a sua casca, que concentra uma substância chamada limoneno. Ela tem uma potente ação antioxidante e anti-inflamatória. Já no caso da laranja, a dica é sempre consumi-la com bagaço, incluindo a parte branca, onde há maior concentração de fibras. O mesmo vale para a mexerica (também conhecida como tangerina ou bergamota).

As frutas cítricas ainda são bons ingredientes para o preparo de molhos de salada, sobremesas, temperos de carnes, guarnições e drinks.

E não se esqueça: evite sempre manusear e consumir essas frutas enquanto se expõe ao sol, uma vez que isso pode causar queimaduras e manchas na pele.

Anuncios_Joenio_08.jpg