Viagem Gastronômica

Região Serrana

Itália e Alemanha dentro do ES

A Região Serrana do Espírito Santo é formada por vários municípios, entre eles se destacam Domingos Martins, Venda Nova do Imigrante, Marechal Floriano. Nesses municípios, o turista pode desfrutar do aconchego de pousadas e hotéis nas montanhas com direito a lindas paisagens, pratos típicos e produtos do agroturismo. Essa região das montanhas capixabas propõe o resgate histórico e o conhecimento de uma cultura peculiar trazida por imigrantes de países como Alemanha, Itália e Pomeranos. A imigração alemã tem presença muito marcante na arquitetura local e na gastronomia sendo a região palco de vários festivais gastronômicos.

A-pedra-azul-formacao-rochosa-que-batiza
Pedra do Lagarto em Domingos Martins

Em Domingos Martins se destacam: Sommerfest - Festa da Imigração Alemã. Festival Internacional de Inverno, Encontro Internacional do Vinho e a Festa do Morango, além da Pommerfest - festa Pomerana em Melgaço. Além dos festivais e do clima formidável, Domingos Martins esbanja boa gastronomia. São diversas opções de restaurantes espalhados pela região. A influência da cozinha alemã e italiana é forte, mas também é possível degustar comidas caseiras e pratos feitos no fogão à lenha, culinária portuguesa, brasileira e pizzas. Entre as especialidades gastronômicas alemãs os destaques ficam por conta do tradicional "Sauerkraut"(chucrute), "Kassler" (bisteca de porco defumada), "eisbein" (joelho de porco defumado) além, é claro, de "würst" (salsichas) seguidos de saladas. Entre essas delicias encontram-se mais opções como "schnitzel", "knoedeln" e "frikadellen". Não podemos deixar de lado as sobremesas como o "strudel" de banana (massa folhada recheada servida com sorvete ou creme azedo) e o "apfelstrudel" de maçã. Mas se a preferência for pelo café existem opções de cafés coloniais saborosos e requintados com bolos, tortas, biscoitos e geléias artesanais

timthumb.jpg

Tombo da Polenta - Festa da Polenta

Já no município de Venda Nova do Imigrante, a capital nacional do Agroturismo, a imigração italiana é muito mais marcante que a alemã, isso é facilmente percebido nas ruas da cidade e nas propriedades que produzem os mais variados queijos, licores e cachaça artesanais, socol e café, que é um dos melhores do país. O município se destaca, também, pela realização da Festa da Polenta, a maior festa da imigração italiana no Estado. Em todos os festivais da região serrana a presença da culinária alemã e italiana se fez muito presente nas barraquinhas e nos restaurantes, porém, fora da época dos festivais, a cidade possui dezenas de restaurantes que trazem em seus cardápios durante todo ano a cultura alemã, italiana e pomerana, e em muitos é possível encontrar receitas tradicionais de família, já que a maioria dos empreendimentos é familiar.

Em Marechal Floriano a gastronomia alemã e italiana também é encontrada nos restaurantes das belíssimas pousadas. Biscoitos, pães, geleias, “käseschmier”, ou “chimia”, brote, galinha ao molho pardo, traíra, linguiças, embutidos, massas, doces caseiros são alguns de muitas opções além do charme da comida caseira.