Adega

Vinho do Porto

Robustês e elegância

Uma taça de vinho
Vinho do Porto - Robustês e Elegância

Tradicionalmente servido como um vinho de sobremesa, o Vinho do Porto surgiu como uma alternativa aos vinhos tradicionais e passou a fazer parte de encontros românticos, sociais ou profissionais, trazendo sempre um toque de elegância aos eventos onde é servido.

A experiência de beber um vinho do porto pode ser comparada à entrada a um mundo cheio sabores e sensações em uma variedade de estilos a serem saboreados e apreciados. Da magnitude de um bom Porto Vintage aos ricos sabores a nozes de um Tawny envelhecido passando pela leveza de um jovem frutado Ruby – nunca nos cansamos desta diversidade.

As uvas cultivadas na Região do Douro e que moldam o vinho do porto tem uma casta bem ampla com cerca de 30 espécies, apesar das vinhas modernas só se utilizar de 05 ou 06 castas tintas de alta qualidade.
A produção do vinho do Porto é diferente pois a fermentação não é completa, sendo a mesma interrompida ainda no início e adicionada aguardente vínica fazendo com que o Vinho do Porto seja naturalmente doce e mais forte do que os vinhos tradicionais.

Anuncios_Joenio_04.jpg

O vinho do Porto é um excelente aperitivo acompanhado com queijos, sobremesas e frutos secos e também um ótimo digestivo, para finalizar da melhor forma uma refeição. O nome não é referente ao local de produção, mas sim o de comercialização, principalmente com os ingleses,  que se dava na Cidade do Porto.

Existem diferentes tipos de vinho do Porto. Entre os mais comuns destacamos o Porto Ruby (um vinho do Porto comum, feito de uvas tintas e amadurecido durante vários anos, com sabor doce e frutado) e o Tawny (geralmente amadurecido durante mais tempo do que o Ruby, de cor vermelha acastanhada e armazenado em pipas de carvalho, tendo mais sabor a frutos secos do que o Ruby). O LBV (Late Bottle Vintage) é feito a partir de uma única colheita, seleccionado e amadurecido durante cerca de seis anos, às vezes menos. Já o Porto Crusted é uma mistura de diferentes vinhos de alta qualidade e deve ser decantado depois de aberto, pois é um vinho não filtrado. O nome vem do sedimento que deixa na garrafa. O Crusted é amadurecido no mínimo um ano na pipa e três na garrafa. Deve ser consumido quando é comercializado, não necessitando de mais maturação. O Porto Vintage é o mais nobre dos vinhos do Porto. É feito apenas a partir de uma colheita excepcional de apenas um ano. O vinho é amadurecido em pipas de carvalho durante vários anos e depois em garrafas durante muitos mais (15 a 100 anos). Este será um que guardará na adega durante muito tempo. O Porto Branco vem de uvas brancas como as castas Arinto ou Malvasia. O Porto Branco pode ser muito doce ou muito seco, dependendo da mistura e também é fortificado com brandy, como os outros tipos de Vinho do Porto.

Anuncios_Joenio_08.jpg
Anuncios_Joenio_09.jpg